As babas do Diabo

"

“Entre as muitas maneiras de se combater o nada, uma das melhores é tirar fotografias, atividade que deveria ser ensinada desde muito cedo às crianças, pois exige disciplina, educação estética, bom olho e dedos seguros. Não se trata de estar tocaiando a mentira como qualquer repórter, e agarrar a estúpida silhueta do personagem que sai do número 10 de Downing Street, mas seja como for quando se anda com a câmera tem-se o dever de estar atento, de não se perder este brusco e delicioso rebote de um raio de sol numa velha pedra, ou a carreira, tranças ao vento, de uma menininha que volta com o pão ou uma garrafa de leite.”

Julio Cortázar, o nosso muso, no conto As babas do Diabo, do maravilho As Armas Secretas.
Presente da minha amada amiga Cristina.

Anúncios

3 Responses to “As babas do Diabo”

  1. débora Says:

    elisa, não te conheço e sonhei contigo um dia, depois de ter lido um post aqui. coisa estranha, de tanto te ler, sinto que te conheço.

  2. juliana Says:

    ahhhh… cortázar querido <3…

  3. carina Says:

    amo esse conto, elsie. um dos meus filmes favoritos foi baseado nele: blow up. vc já viu? vai amar!

    bjooo


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: