pra você

"

Belo Horizonte, 05 de dezembro de 2010.

Oi,

Cheguei no nosso país tem uns 4 dias. Vim ver a família, o Gui, encontrar meus amigos, participar das festas de final de ano, ver o meu gato e o meu cachorro, sentir calor, muito calor, falar muito português, só português, entender tudo o que todo mundo está falando o tempo todo em volta de mim. Vim descansar e vim trabalhar. Vim ver de fora e de dentro. E, claro, vim ver o mar. O nosso mar.

Tava com tanta saudade.

Vovó, quando me viu, disse: 182 dias de reza, minha neta.
E eu pude sentir cada segundo.

Peço desculpas, tanto tempo sem notícias. Meu último mês foi cansativo. Já estava frio, tudo parecia em camera lenta e doído. As aulas tinham acabado, o trabalho com meu professor ficou só para a primavera e ainda tinha um inverno todo pra passar. Tava trabalhando muito, e só por dinheiro. Todo mundo num movimento pra dentro, e eu pronta pro Carnaval.

Caí da escada, torci o pé, eu vivo entre a sorte e o azar, anota. E esse último tempo que eu me dediquei as fotos, essas fotos desse vazio, estão agora com essa pessoa que eu não sei quem é. É. Tenho vergonha de contar, mas roubaram meu computador no segundo dia de Brasil, você acredita? Levaram meus planos, meus pobres enganos, sobraram meus 20 anos e meu coração. Não sei se quero falar sobre isso. Ficou uma obra de arte sobre o vazio, tão vazia, que ela não existe mais.

Mas o apartamento e as possibilidades estão lá, me fazendo muito feliz, apesar desta imatura relação com o frio. Que dia você vai nos fazer uma visita?
Tem uma vida filme, mesmo, em viver em Nova York, acho que cê vai gostar. A gente tem vista e vizinhos que são verdadeiros personagens de seriado. Molho as plantas da vizinha do 20, que me deu aula de escultura por dois meses e me empresta a furadeira. Já fiquei sem chave e precisei entrar em casa pela escada de incêndio do 16, o rapaz do 17 bate na porta com garrafa de vinho e, se a gente toma banho demorado, chove no 18. Se você quiser, pode fazer aula de pintura por 100$ por mês na esquina mais perto de você. Ou de qualquer outra coisa, qualquer outra coisa.

Tem sempre alguém tocando uma música, alguém mucho már loco que a gente junto. Um metrô passando e a possibilidade de viver na cidade mais cosmopolita do mundo sem gastar nenhum tostão de transporte: andar de bicicleta abre sorrisos.

Queria ter te escrito mais, contando das coisas que acho bonitas, mas andava sem saber como traduzir tantos sentimentos. Andei longe do computador, medo de sentir muita saudade, desculpa, nem adiantou.

E sua  lista de planos para 2011? Já fez? Ondeutônela?

Vou ver o mar pra me alinhar. Prometo me esforçar mais, pra gente nunca (risos) se separar.

Pão sovado e doce de leite,

Elisa

Anúncios

27 Responses to “pra você”

  1. N. Says:

    amei, amei, amei esse texto. amei.

  2. larissamargulies Says:

    chorei :~

    coisa marlinda.


  3. […] bonito isso, Elisa. Muito mesmo. :~ O texto completo: bonitoisso.wordpress.com Posted by larissamargulies Filed in Uncategorized Leave a Comment » LikeBe the first […]

  4. juliana Says:

    elisa
    ah, vc é tão bonita.

    o mar… também preciso dele. pra me alinhar, como vc disse, pra me encontrar.
    feliz encontro com o mar!

    um beijo!

  5. luiza Says:

    corre, menina, vai ver o mar!

    se eu já tinha vontade de viver em NY por uns tempos, acompanhando sua estadia a cada post, minha vontade triplicou.

    muito obrigada pelas dicas, mesmo que indiretamente. guardo todas.

  6. Priscila Says:

    Delicia!!!
    Que delicia isso!
    devia ser o nome do blog…
    porque obviamente o texto está lindo!!!

    rs

    =)

    bem vinda ao lar.

  7. Ju Sampaio Says:

    AMOR! <3

  8. Ana Fenner Says:

    De repente tomei teus pés como caminho para minha viagem. Lendo, vislumbrei o mar, conheci a vizinhança em NY e estive em casa de minha própria vó em BH (Minas e seus doces, sua reza, meu povo). Lindo, obrigada por me emprestar teu olhar.

  9. Marcela Boechat Says:

    Que lindo! Deve ser pra alguém, mas peguei pra mim.
    E que pena o computador… e bom saber que ele é só uma extensão da gente, e não, a gente.

    Bem vinda Elisa

  10. Érica Says:

    Você sempre me comove.

    Sorte.

  11. Elisa Says:

    ô gente, MUITO OBRIGADA pelos comentários.
    amor,
    <3

  12. camila Says:

    sabe, me senti muito sortuda de ter encontrado teu blog. sempre que eu vejo que ele foi atualizado, fico feliz e loca pra ver o que tem de novo.

    sorte pra ti. curta o calorão com a gente :)

    abraço!

  13. bella Says:

    coisa bonita de se ler. vai pro mar, volta pra terra.

  14. fefe Says:

    te amu, amu a familia, é muito amor em suas redondezas!!!!vida é isso!!ter e ja nao ter mais!!

  15. Maya Says:

    coisa mais linda hein Elisa! bonito isso mesmo.

  16. kinha Says:

    Ah, Elisa, você é tão singela que eu fico pensando que preciso te conhecer logo.

  17. B Says:

    Oi Elisa,
    Conheci esse blog aqui faz meses, já… te pesquei lá no Parafrancisco. Aquela Cris é uma linda.
    Você também.
    Te visito tão sempre que você não só está na minha barra de favoritos como, vez por outra, te indico pr’alguém. Esse blog é a coisa mais delicada e rica (umas poucas coisas me incomodam nele, como aquele pessoal mergulhador de caçamba…). Me mostrou já muita coisa, eu gosto do olhar que você tem.
    Hoje você pareceu tão triste com esse texto que achei que era obrigação comentar, hahaha.
    Some não.


  18. Enquanto eu te lia, ouvia mentalmente zeca baleiro e vanderli. Eu estava com saudade das tuas letras e das tuas lidas.

    Essa profusão de sentimentos deve ter saído de sopetão nas teclas. Acho que funciona assim comigo. Um silêncio, uma explosão, um texto, uma gargalhada, uma emoção, um choro.

    Sabe o sujeito que levou teu computador? Ele não sabe nada. Nem vai saber. Teu desafio agora e reescrever cada milímetro do teu olhar. Vai ser novo, nunca vai ser igual. Mas, e daí?

    Daí que aquilo lá que se foi, talvez não fosse teu mesmo. É como quando eu escrevo. O que sai na tela que era branca e já não é mais porque está povoada de letras e conexões, não é mais meu. Nesse caso aqui, é pra ti. Bem-vinda, querida. Um beijo, sorte.

  19. karuna Says:

    to sentindo sua falta de verdade….1 ano sem te ver…tanta vontade de conversar, contar, dividir….ter seu ombro pra chorar e morrer de rir. Vem logo me ver, porfa!
    ¨morena dos olhos d agua tire seus olhos do mar,vem ver que a vida ainda vale o sorriso que eu tenho pra te dar¨

    Segunda eu embarco…nos comunicamos!
    te amo!

  20. Débora Says:

    seu texto é lindo, adoro cartas! já conhecia a beleza das suas fotografias e fiquei surpresa agora com a delicadeza do seu texto. Parabéns! Agora, fiquei estarrecida com isso do roubo do seu computador! que triste. beijos e boa estada no Brasil :-)

  21. isabela Says:

    Ai, que lindo!

  22. Marcela Boechat Says:

    Elisa,

    achei a sua cara… http://www.youtube.com/watch?v=ZidBmzFFSyk&p=199147E2BEE0FC26
    coisa engraçada essa internet, né… eu nunca te vi

    • Elisa Says:

      marcela, ainda nao consegui ver porque to usando um comps caquético. vi o comecinho e já amei. volto pra gente falar sobre ele..

      beijos,

  23. Alba Says:

    Olá Elisa!
    Como todo mundo acima já escreveu… que texto lindo, lindo mesmo. Faz nem sei mais quanto tempo que sigo teu blog, tuas fotos lindas, pensamentos, etc.
    Ando pensando em mudar de endereco, estudar um pouco mais e dessa vez quero aprofundar mais em fotografia tb. Vc esta estudando foto em NY? será que vc podería me dar algumas dicas?
    Abraco!

  24. Sofia Says:

    amei… mesmo sabendo que nao e para mim, mas e justo porque no final de contas e para mim que voltas ihih :)! Aprendi muito sobre o nosso predio obrigada, nao sabia os nrs dos nossos vizinhos. By the way, o do 18, de seu nome Vitor, e bem gatinho hein :p?! Tou morta de curiosidade para saber como foi toda a recepcao ai, como reagiu o gui e as festas a que foste! Aqui a neve vem a serio sabado e domingo, espero eu para deixar tudo branquinho para a tua chegada! QUanto ao seu computador, “quando uma porta se fecha outra se abre” e talvez seja um novo comeco para ti. Um Refresh! Um impulso para recomecar ainda com mais garra e despegada de qualquer coisa. E tambem, saiu o novo mac que e lindo, uma folha de papel com o peso de uma folha de papel quase…!
    Tras um pouco desse mar pra mim vai!!! Tas preparada para voltar a aturar-me?! amote tanto, mas tanto! Ohohoh Merry Christmas! beijo p toda sua familia pa sabrina mariana e maria elisa e todo o resto dos seus amigos. para ti milhoes e milhoes!

  25. Sofia Says:

    sabes quantos portugueses sao precisos para mudar uma lampada?!??!?!?!? UM! O que espera pelo brasileiro para lhe dizer que tem que mudar a lampada=)! Faz um mes que a casa de banho esta sem luz .. mal posso esperar para que chegues!!ihihihih. Mil beijos LOVE YOU! So excited! Sofi & Elisa back to old times:), ja chega de Brasil, agora e NEW YORK!!!!

  26. Carol Vargas Says:

    esse texto me deu uma leveza, e muita vontade de viver um pouco disso aí. vc escreve muito gostoso, elisa!

    feliz coisas novas, feliz tempo novo.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: