calma

"

Anúncios

www

"


eii

acho que vou começar com o clichê mesmo:

depois de muito trabalho, muita ajuda dos amigos e muuuuuuuuita vontade, hoje, finalmente, eu tenho um site no ar!

caramba, que emoção :D

juntei os trabalhos de fotografia mais importantes, algumas séries e, aos poucos, vou atualizando e renovando. queria dizer um obrigada imenso à steffania paola que me ajudou em tudo tudinho do site e não só do site da vidatambémamadamiga. adeus vírgula. também muito obrigada aos queridos que comentam aqui no blog sempre com muito carinho vocês me dão vontade e coragem. aos amigos da internet que eu nunca vi mas que eu adoro sinto saudade compartilho e aprendo. aos amigos da internet que viraram amigos de vida isso é tão bom. meu professor richard coisa melhor do mundo é um professor. juliana sampaio sempre. todo mundo num posso nem começar a nomear. todos vocês todos vocês que me mudaram e melhoraram de alguma forma muito obrigada eu sinto.

o bonitoisso continua normalmente e quando tiver atualização por lá eu dou um toque aqui. quem curtir uma foto e quiser pendurar na parede só me mandar email que chegado tem desconto ; )

pra quem tá curtindo o new york lovers, tá cheeeeeio de novidade no site.

e quem quiser divulgar, a gente tem um pouco de vergonha de aparecer mas tá a fim de trabalhar!

sete milhões de beijos,

Elisa

: )

"

: )

"

As vezes vô voltando pra casa e encontro umas coisas tipo mágicas jogadas no lixo.
Tá, elas não têm nada de demais, mas têm.

Essas são dos dois meses que estou aqui. E olha que eu me controlo pra num carregar mais um mundo pra dentro do meu quarto. Brigada, Giu, que montou o gif pra mim ; )

Acho que o gif não carrega no reader. Clica na imagem pra abrir : **

Desde que eu cheguei em Nova York meu olho vê essas pessoas dormindo em si mesmas na rua. Me deixava um pouco impressionada, poxa, esse pessoal tá cansado demais mesmo, dormindo sentado com a cabeça jogada pra trás desse jeito.. Mas aí fui conversando, ouvindo daqui e dali e fui descobrindo que esse sono muitas vezes não era de descanso. A heroína é uma droga muito usada por aqui. Se você se sentar em algumas praças, só para observar, em dez minutos, eu garanto, você vai ver alguém viajando com a droga de um dos jeitos mais tristes que você pode imaginar.

Esse dormindo que essas pessoas estão não é só da heroína. Muitos deles, eu não posso afirmar que todos, é do remédio que o governo americano fornece para “desviciar” da droga. É TAO comum e TAO triste. No meio da diversidade toda, das possibilidades todas da cidade, do estilo, do glamour, essas pessoas que não deram conta do sistema chamam muito a minha atenção.

Comecei a registrar, a princípio, por causa do vazio que me dava. Aí comecei a juntar esse something, essa alguma coisa que tira essas pessoas do dia a dia da vida. Pode ser a heroína mesmo, que é o caso certo dos dois da primeira foto. Pode ser a droga legal do governo, que é o caso dos dois da terceira. Pode ser o cansaço da luta, que é uma mistura de todos. Sometimes heroin, sometimes a legal drug, sometimes only tiredness.

Acho que estou fazendo essa série. Acho, porque me dá um trem toda vez que eu aperto o botãozinho do shutter e guardo essa cena na memória dos meus olhos, da minha cabeça e agora na memória do pra sempre que a fotografia dá. Não é bonito não. Mas não é só de belezas que é feita a vida, não é?

O moço aí de cima, Lt. Dan Choi, é militar, gay e, depois de 10 servindo ao US Army, resolveu abrir o verbo e bater de frente com a lei ‘Don’t Ask, Don’t tell’, que proíbe o assunto homossexualidade dentro do exército americano.

Gugando as imagens para o nome dele:

Vibe de herói.

A entrevista que ele dá à apresentadora americana Amy Goodman, como diz a Maria: ‘a mulher mais inteligente do mundo no momento’; é absolutamente imperdível.

“I Have No Regret to Anybody in the Military. This Is Clearly a Failure of Our Government” – Iraq War Vet Dan Choi Discharged Under “Don’t Ask, Don’t Tell”.

Também no DemocracyNow, a mocinha americana de 21 anos que foi protestar contra a ocupação Israelense em Gaza e perdeu um olho atingida por uma bomba de gás lacrimogêneo.

Emily Henochowicz Speaks Out: Art Student Who Lost Her Eye After Being Shot by Israeli Tear Gas Canister in West Bank Protest Discusses Her Life, Her Art, and Why She Plans to Return.

Blog dela: http://thirstypixels.blogspot.com/

São dois gente que faz, sabe assim?
Acho de uma beleza.