Dizem as paredes/1

"

No setor infantil da Feira do Livro, em Bogotá:

O Loucóptero é muito veloz, mas muito lento.


Na avenida costeira de Montevidéu, na frente do rio-mar:

Um homem alado prefere a noite.


Na saída de Santiago de Cuba:

Como gasto paredes lembrando você!


E nas alturas de Valparaíso:

Eu nos amo.


Do Livro dos Abraços, do Eduardo Galeano, que eu queria por todo aqui.

Anúncios

3 Responses to “Dizem as paredes/1”

  1. Menina Dedê Says:

    Adoro esse livro! Adoro, adoro, adoro.

  2. Antonio Says:

    hahahahahahahahaha

    Adorei: “eu nos amo”. caramba! Que resumo do que as vezes se torna uma relação. Lindo lindo… Acho que vale tentar uma crõnica – ou simplesmente escrever na parede do quarto para nao esquecer!
    Obrigado por ter lido e guardado.
    Beijão

  3. Elisa Says:

    Eita, perdi vocês aqui nos comentários! Desculpe. Sim, também amo “nos amo”. E, Antônio, você me deu uma ideia de fazer um stencil disso por aí ; ) Beijos!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: